'

Cognus Psicologia

Aqui você conhece uma pouco mais sobre a Terapia Cognitivo- comportamental

A Semente do Sucesso: Por que é Importante Escolher Bem Uma Profissão.

 Hélder Franco    heldersoad@yahoo.com.br

            Conta uma velha lenda que o filho de um fiandeiro, Mohamed, viajava quando menino com o seu pai, para vender mercadorias, quando uma tempestade afundou o navio em que viajavam e matou seu pai. Mohamed, meio inconsciente, mal conseguia se recordar de sua vida anterior. Andando pela areia da praia, foi encontrado por uma família de tecelões, que o ensinaram a fazer pano. Mais tarde, ele estava na praia quando um navio de mercadores de escravos chegou, levando-o como prisioneiro. Viajando para Istambul, venderam-no como escravo, e seu mundo desmoronou novamente.

            Um homem que fabricava mastros para navios comprou Mohamed. Eles trabalharam juntos em um depósito de madeira local. Ele trabalhou tão bem que acabou ganhando sua liberdade, tornando-se o braço direito de seu antigo dono, em sua terceira carreira. Quando levava uma carga de mastros para vender na China, um tufão novamente afundou seu navio, jogando-o em uma costa desconhecida. Lamentando-se amargamente, ele se deparou com o seu destino.

            Mas havia uma lenda na China dizendo que um estrangeiro chegaria e conseguiria fazer uma tenda para o Imperador. Para ter certeza de não perder o estranho, o Imperador mandou arautos a todas as aldeias, procurando pelos estrangeiros. Quando Mohamed foi trazido diante do Imperador e lhe perguntaram se sabia fazer uma tenda, ele concordou em tentar. Pediu corda, mas não havia. Então ele arranjou cânhamo e fiou para fazer uma corda. Quando pediu tecido, o tipo certo de pano não existia. Então ele teceu um bem resistente. Quando pediu mastros para a tenda, também não existiam. Então ele os fabricou com madeira. Quando todos os elementos estavam prontos, ele fez uma tenda como aquelas que ele vira em suas viagens. E o Imperador, em gratidão, ofereceu-lhe conceder o desejo que almejasse.

 

 *          *          *

 

            O mercado de trabalho é como um terreno aberto onde todos buscam conquistar um lugar ao sol. Ao mesmo tempo que esse terreno é fértil e oferece milhares de oportunidades, apenas algumas semente irão germinar, e somente um grupo mais restrito ainda irá prosperar e produzir frutos. Não basta apenas possuir sementes, mas é importante que estas sejam de boa qualidade e compatíveis com o solo onde serão semeadas. Mas, por que existe essa seletividade tão intensa?

            O potencial e o talento não são mais os únicos fatores determinantes para o sucesso ou o fracasso profissional. Para vencer num mundo cada vez mais competitivos é necessário estar atento às exigências do mercado. Versatilidade e dinamismo são qualidades cada vez mais valorizadas e a ênfase passou da habilidade em desempenhar uma tarefa específica para a capacidade de se ajustar a diferentes demandas, desenvolvendo suas potencialidades de acordo com a configuração do cenário produtivo.

            No caso de Mohamed, o conjunto de habilidades que ele foi adquirindo no decorrer do tempo, a partir de uma série de infortúnios que aconteceram em sua vida, acabaram lhe sendo úteis no momento mais conveniente, conferindo-lhe um diferencial que resultou na admiração e gratidão do imperador. Da mesma forma, para conquistar a confiança dos vários “imperadores” do mundo do trabalho, é necessário demonstrar  competência para desenvolver bem não apenas uma, mas um conjunto de atividades afins.

            Essa competência, obviamente, não aparece da noite pra o dia. É preciso desenvolvê-la continuamente, buscado sempre  aperfeiçoamento. Mas o primeiro passo – e talvez o mais importante – para consegui-la é escolher bem as direções que se deseja seguir. Deve-se estudar bem o terreno para decidir qual espaço que terá mais chances de fazer germinar a nossa semente, que traz no seu interior as nossas aptidões naturais e interesses profissionais.

            É por isso que o caminho do sucesso já começa a ser traçado a partir do momento da escolha profissional. O indivíduo certo no lugar certo pode ser o diferencial para construção de uma carreira brilhante. Ou seja, seguindo o mesmo raciocínio, a semente certa no terreno adequado é uma condição indispensável para que cresça uma árvore frondosa e produtiva.

            O problema é que nem sempre é fácil acertar o local mais adequado para o plantio. O terreno do mundo profissional é sinuoso e, para muitos, totalmente desconhecido. No entanto, como já foi dito, ele também é amplo e oferece milhares de possibilidades. O maior problema de fato surge quando não conhecemos a semente que possuímos em mãos, o que torna a tarefa de plantio uma espécie de “tiro às cegas”.

            Faz-se necessário, portanto, uma ponderação cuidadosa antes de se escolher a carreira profissional que se pretende investir. O AUTO-CONHECIMENTO é um aliado importantíssimo nesse processo. Deve-se observar principalmente nossas tendências em termos de interesses pessoais, expectativas profissionais, habilidades específicas e características de personalidade. Esses e outros elementos que compõem a semente trazem consigo as potencialidades de cada um, que poderão ser mais bem exploradas a partir do momento que são percebidas e trabalhadas dentro de uma contexto profissional adequado.

            Quando se obtêm êxito na escolha de uma carreira, compatível com suas características particulares, aumentam as chances de progresso e realização profissional. Uma vez que existe uma identificação do indivíduo com os requisitos que o seu trabalho exige, as barreiras do mercado de trabalho serão transpostas com mais facilidade, afinal de contas, inovação, iniciativa, destreza e inúmeros outros atributos que constam entre os ingredientes de uma receita para o sucesso só serão conseguidos mediante um esforço, que depende do quanto cada sujeito se mostra comprometido com a sua área de atuação. Não adianta apenas plantar a semente num bom terreno, mas garantir que esta seja forte o suficiente para superar possíveis adversidades do solo e continue crescendo até florescer.

            É evidente que esse processo de decisão não é simples, e não necessariamente será definitivo. Algumas sementes não nascem num pedaço de terreno, mas podem vir a se tornar belíssimas árvores, caso sejam replantadas um pouco mais adiante. No entanto, é importante que seja dispensada uma atenção especial no sentido de evitar gastos desnecessários. E a melhor forma de se fazer isso é buscar conhecer bem que tipo de sementes trazemos conosco e em qual terreno desejamos cultivá-la. É importante que na hora de se escolher uma profissão sejam levados em consideração aspectos como o mercado de trabalho nessa área, oportunidades de atuação, remuneração, especificidades da formação, etc. Mas sobretudo é necessário que exista um AUTO-CONHECIMENTO, para que a escolha seja bem fundamentada, afinal, você não precisa passar por naufrágios, seqüestros e provações como no caso de Mohamed para descobrir o que você sabe fazer e como poderá utilizar essas habilidades no seu futuro profissional, não é mesmo?